Qui, 22 Out 2020
Diagnóstico Situacional do atendimento e acesso/distribuição dos medicamentos antirretrovirais
No dia 02 de dezembro/10, às 14 h, na sede do GRAB, ocorreu o lançamento dos resultados do Diagnóstico Situacional do atendimento e acesso/distribuição dos medicamentos antirretrovirais, para infecções oportunistas, efeitos colaterais e da atenção básica, para pessoas vivendo com HIV/Aids. Foram coletadas e sistematizadas informações sobre abastecimento de medicamentos de primeira e segunda linha nos serviços de atendimentos especializados (SAEs), além de informações sobre regularidade, fracionamento e outros possíveis problemas que impactam o acesso ao tratamento às pessoas vivendo com HIV/Aids no Estado do Ceará, com foco para os SAEs de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. Foram realizadas diversas entrevistas com usuários/as em tratamento antirretroviral e servidores das farmácias dos 09 (nove) SAEs visitados.
Essa atividade foi realizada pelo GRAB em parceria com o Grupo de Trabalho sobre Propriedade Intelectual - GTPI, da Rede Brasileira pela Integração dos Povos – REBRIP e a Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids – ABIA.

 

          No dia 02 de dezembro/10, às 14 h, na sede do GRAB, ocorreu o lançamento dos resultados do Diagnóstico Situacional do atendimento e acesso/distribuição dos medicamentos antirretrovirais, para infecções oportunistas, efeitos colaterais e da atenção básica, para pessoas vivendo com HIV/Aids. Foram coletadas e sistematizadas informações sobre abastecimento de medicamentos de primeira e segunda linha nos serviços de atendimentos especializados (SAEs), além de informações sobre regularidade, fracionamento e outros possíveis problemas que impactam o acesso ao tratamento às pessoas vivendo com HIV/Aids no Estado do Ceará, com foco para os SAEs de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. Foram realizadas diversas entrevistas com usuários/as em tratamento antirretroviral e servidores das farmácias dos 09 (nove) SAEs visitados.

          Essa atividade foi realizada pelo GRAB em parceria com o Grupo de Trabalho sobre Propriedade Intelectual - GTPI, da Rede Brasileira pela Integração dos Povos – REBRIP e a Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids – ABIA.

DOWNLOAD DO MATERIAL

Apresentação em slides

Artigo completo    (Melhor visualizado no Google Chrome)

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar