Quarta, 18 Out 2017
Conselho Municipal de Direitos da População LGBT de Fortaleza é empossado
 
 
Na quarta-feira, 18 de maio, foi empossada a primeira composição do Conselho, que tem representação eleita da sociedade civil e também representantes do poder público, e estará vinculado à Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos da Prefeitura de Fortaleza.
 
O Conselho é uma demanda que se concretiza, ainda da II Conferência Municipal LGBT de Fortaleza, ocorrida em agosto de 2011.
Após a aprovação de lei municipal no final de 2012 (modificada no início de 2013), o Conselho teve sua formação adiada por mais de 3 anos.
 
O GRAB é uma das organizações da sociedade civil que compõe o Conselho, através dos ativistas Dediane Souza (titular) e Francisco Pedrosa (suplente).
 
Sucesso para o Conselho e que o mesmo seja um espaço importante para o encaminhamento de demandas que contribuam para a qualidade de vida e a garantia dos direitos da população LGBT em Fortaleza!
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar